segunda-feira, 13 de junho de 2016

Dicas para facilitar o dia a dia com seu filho



Tenho recebido algumas mensagens me pedindo algumas dicas em diversos assuntos, resolvi então, fazer um post falando um pouquinho de cada assunto, para tentar responder as diversas mensagens que recebi. Nossos dias geralmente são extremamente corridos e muitas vezes queríamos que o dia tivesse 30 horas, e ainda acho que mesmo assim ficaria muitas coisas que gostaríamos de ter feito, e o que pudermos simplificar com certeza será de grande valia. Aqui vão dicas que funcionaram para o Miguel, vou lembrar de novo que cada criança é única, e o que resolve pra um pode não ser a solução para o outro, mas vale a pena tentar.


  • Livro Sensorial



Quando recebemos o diagnóstico do nosso filho, inclusive no  inicio se pudêssemos levaríamos todos os terapeutas para casa, pra estimular nosso filho e pra que não perdêssemos nenhum minuto. Queríamos e ainda queremos estimular nosso filho o tempo todo, e saber como podemos agir em casa para que nossos filhos sejam sempre estimulados. Pensando nisso, depois de várias dicas da Terapeuta Ocupacional do Miguel, e muitas pesquisas na internet, eu e minha mãe fizemos um livro sensorial para o Miguel. Ele é todo em tecido e E.V.A (dei preferencia em fazer a maior parte em tecido, para ficar resistente ao Miguel 'rsrs)  Mas você pode fazer ele todo em EVA que vai acabar sendo mais fácil e não precisará costurar, e só colar ( use de preferencia a cola quente).  A dica principal é você fazer o fundo das páginas de um cor só "na época eu não sabia e acabei usando alguns tecidos estampados" mas para trabalhar com autistas é melhor um fundo de apenas uma cor. Assista o vídeo demonstrativo abaixo:

video


  • Dormir descoberto

Pois é, aqui esse é um grande problema "o Miguel não gosta de cobertas" odeia que a gente cobre ele, e esse ano o inverno está bem rigoroso aqui no Paraná. E com isso eu tinha que colocar muitas roupas nele para dormir, e mesmo assim ele sempre ficava com a barriguinha de fora porque a blusa subia. A solução foi o tchuchucão, (pra quem não conhece é um macacão feito geralmente para dormir) dependendo do tamanho do seu filho você acha para comprar pronto, eu não achei para o Miguel por isso comprei o tecido e recorri a minha mãe de DE NOVO! Comprei o tecido soft que é bem quentinho, e uma dica de como fazer: eu cortei uma blusa e uma calça separada e depois na costura minha mãe juntou. Resolveu completamente aqui, aí eu comprei essas pantufas e ele dorme com o tchutchucão e a pantufa e está sempre quentinho, mesmo assim eu sempre cubro as perninhas pra tentar convencer ele a se acostumar com a coberta.





  •  Fraldas que não seguram mais o xixi

O assunto que me pedem para fazer um post é o desfralde, mas eu ainda não fiz porque não consegui ainda desfraldar o Miguel e como esse blog é baseado em minhas experiencias com meu filho então não posso escrever ainda. Pois é, aqui as fraldas não estão dando mais conta do xixi, e agora no inverno piorou mais ainda, e estou tendo que me adaptar as novas aqui. Uma amiga de um grupo de mães especiais que participo me deu algumas dicas que eu já tinha pensado nisso mas não tinha ido atrás e fui e deu certo. Existem ainda aquelas calças plásticas que antigamente se usava com fraldas de pano, lembram? Então eu comprei para o Miguel e coloco por cima da fralda descartável e isso ajuda a evitar os vazamentos. Para a cama, o Miguel não faz xixi à noite, é muito raro mesmo ele, fazer xixi a noite, mas existem crianças que fazem e isso também serve para aquelas que estão em período de desfralde. Outra dica, existe lençóis de silicone e pvc, que não deixam o xixi varar para o colchão e também não fazem barulhos como os de plástico.



  • Andar descalço no inverno.  

Então, esse era outro problema aqui em casa, o Miguel só anda descalço e está difícil mudar isso, no calor dá pra deixar, mas no inverno não tem como, e ele não quer ficar nem de meia, ele tira tudo e anda descalço (onde eu moro, é andar térreo de um sobrado embutido numa encosta de lajedo de pedras) imagina o frio que faz no inverno?! Para que ele não fique com os pezinhos no chão eu adotei um costume de alguns lugares da Europa de colocar meião, estilo meia calça por baixo da calça, alguns lugares tem as próprias masculinas com aberturas na frente para ser mais fácil ao ir ao banheiro, mas geralmente eu uso as normais, compro sempre as pretas para não ter muito esse negócio de ser de menina ou menino e coloco então a meia curta soquete e depois a meia calça, (o meião) e por cima a calça, aí o Miguel não tira a meia e por fim acaba ficando com 2 meias no pé o que é melhor que andar descalço. 


  • Fugidas nos passeios

Eu não me arrisco a sair sozinha com o Miguel sem o meu marido, mas mesmo quando saímos juntos temos que ficar espertos com ele, porque como contei no post anterior ele já fugiu da gente em um picar de olhos e passei o maior susto da minha vida, mas já passamos outros apertos, por exemplo, esperando o ônibus em uma avenida hiper movimentada e ele escapar das mãos do meu marido e ir correndo para a rua e por sorte o semáforo estava fechado e por isso não tinha carro andando na via, depois daquele dia nunca mais saímos de casa sem o contentor. Podemos ser criticados mas eu prefiro a segurança do meu filho. Já tivemos a mochila com o bichinho e depois essa outra mochila (que aparece na foto) e agora usamos só o contentor, mesmo que até tive que levar para a minha mãe estender porque já estava apertado, e te garanto que esse polêmico contentor já evitou muitos acidentes com o Miguel. Nesse último contentor eu paguei bem barato, R$20,00 e é muito útil pra nós. Uma mãe me pediu também um post sobre o contentor e eu vou fazer futuramente.




  • Livros rasgados

Aqui o Miguel não deixa nem um livro inteiro, aliás rasga tudo o que vê pela frente. Eu dou preferencia em comprar livros que são completamente duros, as folhas de dentro são como a capa, apesar de que mesmo assim, o Miguel acaba estragando, mas se você tem livros e quer aumentar a durabilidade, aplique "papel contact" em todas as folhas, assim ficarão mais durinhas, e quando cair na água, talvez não vai estragar como antes.


  • Lábios rachados e pele ressecada no inverno

Isso acontece com todo mundo, mas geralmente nós adultos usamos o hidratante para amenizar, o Miguel não gosta muito de hidratante não, e o inverno nem chegou e ele já está com o rostinho vermelho de frio, uma boa dica que a maioria já deve conhecer porque é bem falada na internet mas vai que alguém não sabe, por isso quero deixar aqui também é a pomada Bepantol. Sim, aquela de assaduras, que talvez você tenha  usado no seu filho quando bebê, e se ele não gosta de deixar você passar, faça como eu, passe durante a noite e nos lábios, e você pode durante o dia ir passando a manteiga de cacau também. Lembrando que existem manteigas de cacau com sabores que pode incentivar seu filho a usar mais. 

Bom gente, por hoje são só essas dicas, se você tem alguma dica que te ajuda aí na sua casa, em qualquer coisa, comente aí e compartilhe com a gente, e quem sabe no futuro eu faço um novo post com as dicas de vocês. 



VOCE TAMBEM PODE GOSTAR DISSO:

Será que já é hora do meu filho dormir na própria cama? 


2 comentários:

Andri P disse...

Ola! Que bom que encontrei seu blog! Estou adorando a suas dicas! Me diga que idade tem seu filho ?

Unknown disse...

Thanks for post:
Bà bầu có nên ăn bí đao không
Ship Gửi Bưu Phẩm Đi Yemen
vận chuyển gửi đồ tới Yemen
gửi đồ sang Yemen chi phí thấp
bà bầu có nên ăn rau muống không
nhiệt độ cơ thể bao nhiêu là sốt

Postar um comentário