quarta-feira, 4 de maio de 2016

Mãe de aço, Mãe de plástico, sou assim uma Mãe (mais que) especial



Domingo é do dia das mães e o que sempre ouvimos já é clichê, mas se encaixa perfeitamente no que vou dizer "Dia das mães é todo dia", mãe especial então, merece homenagem em dobro, não que somos melhores que ninguém mas é que a nossa luta diária as vezes nos cansa tanto e é tão bom ouvir alguém nos dizer que estamos fazendo um bom trabalho ..... mas o pior é que nunca somos lembradas em nenhuma propaganda, em nenhuma homenagem, parece que a mídia não faz muita questão de falar da mãe especial. Pois é, especial? Não fomos consultadas se queríamos ser especiais ou normais, e naqueles dias mais difíceis tenho certeza que todas nós já desejou pelo menos uma vez ser normal e não uma mãe especial.

As vezes as pessoas comentam com a gente, como se isso fosse uma recompensa, e por outro lado eu tento sempre tirar o melhor de cada situação que vivo, e quando o autismo entrou em minha vida eu me tornei uma pessoa melhor sim, mais paciente, reconheço bem mais, o que realmente importa na vida e porque não mais humana? aprendi a olhar a necessidade e dificuldade do próximo .....